4Games

O melhor portal de games!
Resident Evil I: grande clássico ainda amado por muitas pessoas.

No dia 22 de março de 1996, a Capcom causou uma confusão com o lançamento do fenomenal Resident Evil. O jogo foi responsável pela criação não apenas do termo “survival horror”, como todo um tipo de jogos que continua em alta.

Resident Evil também entregou ao mundo uma trama de terror e suspense como poucas vezes foi vista nos games.

Apresentando personagens que ainda são apreciados, como Jill Valentine, que está no remake de Resident Evil 3, Chris Redfield, e o arquivilão Albert Wesker.

Lar, doce dar A trama, que mostrava uma equipe de militares tentando sobreviver em uma mansão lotada de zumbis e armas biológicas secretamente manipuladas por uma corporação farmacêutica. Isso poderia ter sido radicalmente diferente caso os produtores da Capcom tomassem o rumo inicial do projeto em que estavam trabalhando. Tal motivo se dá porque a ideia original era a produção de um remake de Sweet Home, um jogo de RPG e terror originalmente lançado pela Capcom para o Famicom. Mas no início dos anos 1990, com a licença do filme expirada, os produtores da Capcom se viram obrigados a seguir uma rota original. E assim Biohazard (o nome japonês de Resident Evil) começou a tomar forma.

Foi em Sweet Home que a famosíssima animação da porta abrindo apareceu pela primeira vez, e seu sistema de jogo serviu de base para Resident Evil. Sozinho no escuro a produção do jogo que viria a ser Resident Evil começou em 1993, e os desafios técnicos foram grandes desde o início.

E assim Resident Evil foi surgindo como um dos melhores jogos de surviver horror.

Contudo ao conhecer Alone in the dark, lançado em 1992, portanto quatro anos antes de Resident Evil. o impacto desse jogo sobre o mesmo foi total, uma vez que Alone in the Dark desenvolveu as soluções que posteriormente seriam implementadas no jogo de horror da Capcom. Os cenários pré-renderizados, os ângulos de câmera fixos e mesmo seus quebra-cabeças foram modelos fundamentais para o que veríamos na mansão em 1996. Até a infame cena dos cachorros pulando pela janela.

Contudo não deixou muito a desejar, pois até hoje a franquia de Resident Evil tem é adorada por muitas pessoas. Prova disso é até mesmo uma série de filmes, estrelados pela atriz Milla Jovovitch, e também o lançamento do seu remasterizado em 20 de janeiro de 2015. Ao mesmo tempo há algumas peculiaridades, por terem suas diferenças, onde no mesmo se têm:  3 modos diferentes.

1: Mudanças no momento de fazer algo diferente para passar de um determinado local onde se esteja ‘trancado’.

2: Itens diferentes para uso.

3: A história de Lisa Trevor, que no Resident I não tem, se tivesse seria sobre seu pai ou família.

Mantenha-se informado em: Https://4news.online

Deixe comentário